5 truques de estilo que as grávidas podem aprender com Kate Middleton

5 truques de estilo que as grávidas podem aprender com Kate Middleton

 

Na gestação do príncipe George ou da pequena Charlote – ou ainda na suposta terceira gravidez- uma coisa é certa: a Duquesa de Cambridge não deixou de lado o estilo. Veja  alguns looks de Kate que serviram de inspiração para muitas futuras mamães.

Britain's Catherine, Duchess of Cambridge, arrives at the Hope House charity in south London on February 19, 2013.  The Duchess visited Hope House, an all-female rehabilitation centre which is is one of the projects run by her patronage, Action on Addiction.   AFP PHOTO / CARL COURT

1. Wrap dress funciona do primeiro ao nono mês
Conhecido também como vestido envelope, o wrap dress foi criado há 40 anos por Diane von Furstenberg e até hoje é uma das peças-chave do armário das mulheres. Pensado para ser confortável e vestir bem todos os tipos de corpos, o modelo tem quase sempre decote em formato V e pode ser ajustado na cintura. Ou seja, é um aliado para o closet das grávidas, que conseguem regular à medida que a barriga vai crescendo.

LONDON, ENGLAND - APRIL 26:  Catherine, Duchess of Cambridge (L) and Prince William, Duke of Cambridge arrive at the Inauguration Of Warner Bros. Studios Leavesden on April 26, 2013 in London, England.  (Photo by Chris Jackson/Getty Images)

2. Estampas não precisam sair do closet
Conforme o barrigão vai crescendo, muitas grávidas têm medo de parecer ainda “maiores” e começam a evitar cores fortes e estampas. O que achamos disso? Uma bobagem! É o momento em que a mulher mais vai brilhar e aparecer, ou seja, de nada adianta ficar refém de batas largas e em preto-cinza-e-azul-marinho. Para as mais clássicas, como Kate, os poás são uma opção certeira.

princ3

3. Corte império valoriza a barriguinha – ou o barrigão! – sem apertar
10 em cada 10 listas de “roupas que toda grávida deve ter” incluem o vestido com cintura império – e não é para menos, não é? Como marca logo abaixo do busto, o modelo é ideal para as futuras mamães por não apertar a barriga. Também ajuda a valorizar os seios, que ganham mais volume durante esta fase. Se o vestido escolhido for em A e um pouco mais larguinho na cintura, como o modelito em azul que Kate usou, se adapta melhor ao aumento da circunferência abdominal de toda futura mamãe.

1410173034156_Image_galleryImage_Catherine_The_Duchess_of_

4. Que tal mudar os botões do casaco?
Sabe aqueles modelos de casaco que têm abotoaduras duplas, estilo trench coat? Kate pediu que um costureiro mudasse a posição dos botões para que ela conseguisse usar a peça queridinha por mais tempo. Fácil e bem barato de colocar em prática.

Captain Tony Draper (L) gives Britain's Catherine, Duchess of Cambridge (R) a tour of the Princess Cruises's new ship 'Royal Princess' after the ceremony to officially name her in Southampton, southern England on June 13, 2013. The Duchess of Cambridge, as the ship's godmother, officially named the Royal Princess with a traditional blessing involving smashing a bottle over the ship's hull in what is expected to her final solo engagement before the birth of her and Prince William's child. AFP PHOTO / POOL / CHRIS JACKSON

5. Modelos na altura do joelho são os mais confortáveis
É fato: com o passar dos meses da gravidez, a mulher pode perder um pouco da agilidade para se locomover. Se este for o seu caso, a dica é optar por peças que te deixem mais confortável – e isto vale tanto para tecidos, como o algodão e a seda, como para modelagens. Saias e vestidos na altura do joelho costumam funcionar bem principalmente quando a situação pede mobilidade, como trabalho e festa. Era o preferido de Kate durante a gestação de George.

fonte: revista Donna