Como receber uma amiga grávida para um chá da tarde

Como receber uma amiga grávida para um chá da tarde

 

Receber uma visita é sempre uma delícia, não é mesmo?
Pensar nos detalhes, no que servir, colocar a conversa em dia, preparar a casa para receber uma amiga (o) com carinho. Mas e se essa amiga estiver grávida? Já pensou que a preparação pode ser ainda mais especial?

Pois a Giórgia Bazotti e a Márcia Dihl pensaram. As duas jornalistas apaixonadas pela arte de receber, criaram, há dois anos, o @chegouvisita onde dividem inspirações para receber bem e acolher com charme. E no dia que lançam o blog Chegou Visita dividem conosco algumas dicas para receber uma gestante em casa. Depois de ler, dá uma passada lá no blog das gurias e inspire-se também.

“Receber uma amiga grávida para um chá da tarde pode parecer tarefa fácil, mas existem alguns cuidados que não podem ser esquecidos, principalmente, na hora de pensar nos quitutes. Frituras, alimentos cafeínados e ricos em açúcares devem ser evitados. Segundo a nutricionista, Rafaela Nunes, o bebê, na vida intra-útero, recebe as experiências nutricionais ofertadas pela mãe que poderão exercer influência ao longo de sua vida, na proteção e/ou manifestação de doenças. Para isso, o melhor é investir nas frutas da estação, que são ricas em vitaminas e fibras, que auxiliam no funcionamento intestinal (de difícil manejo para muitas gestantes). As frutas secas e oleaginosas (damascos, ameixas, castanhas, macadâmia…) também são fontes importantes de fibras e nutrientes, além das últimas serem uma ótima fonte de gordura saudável, quando utilizadas com moderação. O iogurte natural compõe um excelente acompanhamento às frutas, e auxilia no fornecimento de cálcio e proteínas para crescimento do bebê. Se optar por um chá, escolha prepará-lo com frutas cozidas e suas cascas, que lhe garante um sabor único, suave e é mais saudável. Importante lembrar que o tão cobiçado ácido fólico é encontrado nos alimentos de cor escura, portanto, uma boa opção é preparar uma quiche integral de espinafre e ricota, mini sanduíches naturais ou uma pastinha de grão de bico (Homus).

Mas os desafios não param por aí. Preparar uma mesa bonita e brincar com a dúvida quanto ao sexo do bebê podem fazer toda diferença na hora de compor a mesa. Essa foi a ideia da Giórgia quando organizou um chá para receber a Márcia. Uma passada rápida na farmácia e toda decoração estava comprada, bicos rosas e azuis usados como porta-guardanapos e representavam o baby que estava por vir. Seria o Bento ou a Bia, algumas semanas depois descobriram que era a Bia, que curtiu o chá e se deliciou com as saborosas comidinhas. Um diferencial pra lá de charmoso estava nos marcadores de lugar no formato de carrinho de bebê também nas cores azul e rosa. Flores. Sempre elas! Dão um charme no centro de mesa, tendo cuidado para não escolher flores muito perfumadas, pois as grávidas tem o olfato muito apurado e outras enjoam com perfumes fortes. Pensando nisso, velas aromatizadas ficam de fora da decoração na hora de receber amigas grávidas.
Depois é só deixar a amiga contar todas as novidades que envolvem esse momento tão especial. Só corre o risco dela ficar para o jantar, porque sabem como é, assunto não falta quando falamos sobre os filhos.”