Mães com câncer de mama podem amamentar?

Mães com câncer de mama podem amamentar?

 

O câncer é uma doença que ainda não possui cura, contudo existem tratamentos. O câncer de mama é um tumor perigoso para a mulher, pois se não tratar além de perder as mamas, pode criar metástase e por fim vir a falecer. Por isso é essencial a descoberta no estágio inicial. Para isso consulte seu ginecologista pelo menos duas vezes ao ano e a partir dos 35 anos é bom fazer anualmente uma mamografia para check-up ou acompanhamento.

Toda mãe têm a preocupação de que seu filho fique bem e protegido. Se alguma gripe os ataca, movemos céus e terras para vê-los bem. E neste caso, quando a mãe está com um problema, como resolver? É perigoso para o bebê? Não poderei amamentar meu filho? Essas são questões que muitas mães se fazem, por medo de passar algo para seu filho.

Claro que o tratamento ou a própria doença podem dificultar na hora da amamentação, mas que fique bem claro, você mamãe poderá sim amamentar seu bebê. Se você não está recebendo quimioterapia ou radioterapia, fique tranquila e aproveite o momento. Mesmo com um seio só é possível amamenta-lo.

Ter esse contato com seu filho é magico. Poder amamentar é uma troca de carinho e amor com a criança que faz de você uma pessoa mais calma, tranquila, paciente. Por que esse tempo que você passa com o bebê pode durar até uma hora entre mamada, respirar, adormecer, tirar do peito, chorar, voltar para o peito e mamar novamente até adormecer.

Estudos comprovam que a mulher com câncer de mama que amamenta seu filho, tem chances maiores de um resultado mais positivo com o grau da doença. Em torno de 95 mulheres a cada 100, possuem chances de cura quando descoberto no início. Por isso o autoexame é importante. Qualquer alteração no seu corpo, procure seu ginecologista para uma consulta.

Dependendo da idade e do histórico familiar, o médico pede exames como o ultrassom de mama, a mamografia, a ressonância magnética ou tomossíntese (que nada mais é que um exame em 3D auxiliando na maior visualização da mama). Assim fica mais fácil se cuidar e aproveitar seu filho ao máximo!

Amamentar é bom e, melhor ainda, manter é necessário ter uma alimentação saudável e balanceada, pois auxilia mais na prevenção de várias doenças. E não se esqueça que exercícios físicos ajudam a manter o corpo em um ritmo que você consegue acompanhar seu filho nas brincadeiras. Por isso alie alimentação e exercícios para uma vida ótima com seu filho!