O sintoma nosso de cada dia

O sintoma nosso de cada dia

 

A gente começa a ter certeza que espera um bebê quando alguns sintomas começam a surgir no nosso corpo. Seios inchados, sono e atraso menstrual. No meu caso foram os enjoos (e muitos!). Os primeiros três meses da minha gestação foram simplesmente terríveis nesse aspecto. O engraçado é que não enjoei de perfumes, pasta de dente, cheiros. Unica e exclusivamente de comidas. O que para uma pessoa que passou a vida lutando contra a balança para não perder peso é um pesadelo.

Eu bem que queria ter trocado a minha tradicional insônia por longas noites de sono, mas, infelizmente, acho que quando passei na fila dos sintomas estava em falta.
Para tentar amenizar esse problema fui pesquisando, perguntando opiniões e testando coisas que me ajudassem a melhorar. Por fim, algumas soluções deram certo comigo.
Claro que tudo é baseado na minha experiência pessoal, e nem de longe penso em passar isso como o certo a fazer  (o ideal seria consultar o médico).  Afinal, cada sintoma varia de mulher para mulher e algumas passam pela gravidez sem nem saber do que estou falando.

Veja o que deu certo comigo:

COMER LOGO AO ACORDAR: sempre que eu ia me deitar, eu já deixava preparado ao lado da cama um pacotinho de bolacha água e sal. Assim, logo que eu acordava eu comia uma (assim, antes de escovar os dentes mesmo). Após ingerir 1 ou 2 biscoitos eu levantava e ia dar jeito na vida. Deu certo!

ÁGUA GELADA: garrafinha de água sempre a tiracolo (a cada passo um gole) hehehe

COMIDA SEMPRE À MÃO: comer de 2 em 2 horas também me ajudou bastante. Enchia as gavetas do trabalho das poucas coisas que me apeteciam, como bolachas salgadas e barras de cereais. Além da boa e velha frutinha.

VIVA O LIMÃO: essa dica foi a que mais me ajudou. Antes de sair de casa eu espremia meio limão, assim, sem açúcar mesmo, em uma garrafinha de água (aquela que comentei lá em cima que eu carregava).

A parte boa de tudo isso, é que como dizem por aí, depois dos três primeiros meses tudo passa. E se você está aí sofrendo com algum sintoma, acredite em mim, passa mesmo.
Parece mágica!