Rede de apoio na maternidade: por que é importante criar a sua

Rede de apoio na maternidade: por que é importante criar a sua

Se você é mãe ou pai, com certeza já ouvir falar no provérbio africano que diz que “é preciso uma aldeia para criar uma criança”. Isso significa que não cabe apenas à figura materna a tarefa de criar os filhos e é aí que a rede de apoio se torna essencial.

Mas afinal, o que é a rede de apoio?
A rede de apoio nasce a partir das necessidades da mãe e pode ser formada por pessoas que auxiliam na criação dos filhos e que convivem com a família, como o pai, os avós, os dindos, os tios, os vizinhos, a mãe do coleguinha da escola, os médicos ou mesmo os grupos de Whatsapp e Facebook.

Como construir sua rede de apoio

Embora pareça fácil, construir uma rede de apoio depende de muitos fatores. Entre eles,  entender que ninguém cuidará dos nossos filhos como nós mesmas, e não há problema algum nisso. Muitas mães deixam de pedir ajuda por receio de não estar fazendo a melhor escolha.

Como a rede de apoio pode ajudar

Em primeiro lugar, entendendo que rede de apoio é diferente de ajuda: ela é formada por vínculos e está “ali” sempre que a mãe precisar, seja para ajudar a lavar a louça, estender a roupa, preparar uma refeição ou ainda auxiliando nos cuidados com os pequenos, permitindo que a nova mãe possa ter momentos de descanso, tomar um banho demorado ou alimentar-se com calma.

E acima de tudo, é importante lembrar que a rede de apoio não é exclusiva e necessária apenas no início da maternidade, ela é essencial em todas as fases. Com as crianças já crescidas, o foco passa a ser outro: a mãe geralmente precisa de alguém que se disponha a ficar com as crianças vez ou outra para que ela possa retomar sua vida social e assumir suas responsabilidades como profissional.

Independente da fase, a mãe precisa ter por perto pessoas que a deixem mais segura, que não julguem suas decisões e que a ajudem a viver uma maternidade mais feliz e tranquila.

Vanessa Martini é mãe do Theo e jornalista. Tem um blog, o Mãezinha Vai Com As Outras, onde divida a rotina e os aprendizados da maternidade. Escreve semanalmente sobre o assunto emrevistadonna.com.