Uma noite especial: dando um UP no casamento

Uma noite especial: dando um UP no casamento

 

Hoje queria dividir uma coisa bem íntima e especial com vocês. No último dia 21 completei 4 anos de casada, assim, de papel passado na igreja, mas ao todo são 15 anos de união.
Três deles separados por mais de 500 km de distância.

Conheci meu marido em 2001 quando fui fazer faculdade em Pelotas, interior do RS. Namoramos por quase um ano quando ele se formou e foi morar na cidade de Cruz Alta.
Eu fiquei por mais dois anos terminando a minha faculdade e depois vim trabalhar em Porto Alegre. Foram anos difíceis de separação. Nos víamos de 15 em 15 dias, quando os trabalhos permitiam.

Em 2005 ele veio morar em Porto Alegre e passamos para o estágio 2, morar juntos…
(re) conhecer as manias e dia a dia do outro… e lá se foram mais aprendizados, alegrias, conquistas… até que em 2014 chegou nossa maior “aquisição”: nosso filho Theo.

Posso dizer que para nós esse foi o maior desafio na relação, ao mesmo tempo que nos uniu e nos tornou ainda mais cúmplices. Um filho muda TOTALMENTE a vida do casal e para os pais que estão lendo isso aqui sei que não estou contando nenhuma novidade. Manter um relacionamento em meio a fraldas sujas, noites sem dormir, cólicas e uma atenção total que um filho demanda não é tarefa fácil. Me arrisco em dizer que uma das maiores dentro da maternidade. Não são poucas as mães que me comentam que não conseguem dar um UP no casamento, que a rotina tomou conta.
Entendam aqui que quando falo em dar um UP, não é que falte amor, pelo contrário, muitas vezes transborda, mas o dia a dia com uma criança pequena não nos permite dedicar mais atenção que antes era dada ao companheiro.

Pois bem, então resolvi dar um jeito nisso e comecei a procurar uma forma legal de dar uma “sacudida” na relação e comemorar esses anos juntos. Pesquisei diversas viagens mas nada encaixava com o que eu buscava. Ou era longe demais (Theo ficaria com a vovó) ou era caro demais ou não tinha nada que me agradasse.

Até que conversando com as gurias do Chegou Visita, elas me questionaram: “Por que tu não faz um jantar romântico em casa pra ele?” Em casa? lembro de ter pensado. Mas era tudo que eu NÃO QUERIA, estar no meio das coisas de crianças e dentro da nossa rotina.
Pois elas pediram carta branca e disseram: ” tu não vai nem lembrar que estará em casa”
E CUMPRIRAM…  As gurias vieram aqui e em menos de 2h transformaram tudo.

A começar pela decoração, toda “trabalhada” na nossa história de vida (namoro a distância, chegada do Theo e a vontade de morar no Rio de Janeiro um dia). Fotos, velas, flores… tudo lindo!  Fiquei encantada como elas conseguiram em poucas perguntas (de um questionário enviado por e-mail) descrever tão bem tudo o que vivemos nesses 15 anos juntos.

A noite foi cheia de lindas surpresas, a começar pelo menu especial do Chef Patrick Vargas ( Canapés e Mix de folhas com flores e molho especial de entrada/ Batata recheada com Bacon, Medalhão de filé ao molho de champagne, legumes ao pesto e risoto no prato principal e Grand Gateau de sobremesa. Elas ainda batizaram os pratos com o nome de pontos do Rio de Janeiro. Champagne… música… de encantar o coração. Até o mais resistente dos maridos morreria de amores.

Por que eu decidi contar tudo isso para vocês? Porque eu queria mostrar que é possível sim sair da rotina e não precisa muita coisa para isso, basta soltar a imaginação. Daqui a pouco o que está faltando é apenas um empurrãozinho para a “chama” reascender.
Uma ligação, um bilhetinho escondido, um jantar especial. Coisas que eram comuns na época de namoro e que se perderam em meio as mamadeiras.

E claro, MEGA, HIPER agradecer as gurias que fizeram tudo com tanto amor e dedicação. Acreditam que até cesta de café da manhã recebemos no dia seguinte? Representando as bodas de flores e frutos de 4 anos de união.
E o mais legal é que elas trouxeram TU-DO, eu não precisei nem me preocupar nem em ter as louças do jantar.
O “Chegou Surpresa”, produto da marca “Chegou Visita” foi idealizado pela Giórgia e a Márcia, duas amigas que amam receber os amigos e encantar com as decorações.
E a Márcia, por ter uma bebê de 1 ano sabia beeem do que eu estava falando, então pode colocar tudo como se fosse feito para ela e o marido.

Só posso dizer muito obrigada, gurias!
O casal agradece!!! <3