WhatsApp: dicas para o bom relacionamento nos grupos de mães da escola

WhatsApp: dicas para o bom relacionamento nos grupos de mães da escola

Seu filho entrou na escola nova e automaticamente você começa a fazer parte de um novo mundo: o grupo de mães no WhatsApp. É através do aplicativo que você recebe mensagens importantes, caso tenha perdido algum recado na agenda, trocar informações com outras mães e até desabafa um pouco de vez em quando. Mas, é preciso ter muito cuidado e usar o espaço com bom senso e moderação, do contrário pode virar treta. O assunto, aliás, rende tanto pano para manga que até o Porta dos Fundos fez um vídeo-sátira sobre este tipo de grupo.

 

:: Confira algumas dicas para evitar problemas e conflitos com outros pais, compiladas pela pedagoga Vanessa Martins Marques dos Santos:

O QUE VALE
– Tirar dúvidas sobre alguma mensagem da escola
– Marcar encontros fora do ambiente da escola para as crianças brincarem
– Obter informações sobre algum evento da escola, como festas de final de ano ou excursões
– Questionar se por acaso alguém ficou com o casaco, uniforme ou algum objeto da criança por engano
– Combinar um presente coletivo para as professoras

O QUE NÃO VALE
 – Mandar mensagens de bom dia, boa tarde, boa noite. Em um grupo de pelo menos 20 famílias isso vai acabar gerando um excesso de mensagens desnecessárias.
– Mensagens com figurinhas fofas, reflexões ou pornografias.
– Mensagens sobre reclamações da escola ou de professores devem ser debatidos em reuniões específicas para isso ou diretamente com o núcleo escolar.
– Enviar convites para eventos que nem todos foram convidados. O melhor nesse caso é chamar a mãe ou pai em particular.
– Iniciar debates sobre política, religião ou esportes. Cada um tem sua opinião e deve ser respeitada. Além do que, esse não é o espaço para isso.
– Expor as crianças ou julgar outros pais com mensagens como “mamães, soube que o Pedrinho hoje fez tal coisa” ou questionando a postura de alguma mãe em assuntos como alimentação, sono etc.
– Os áudios facilitam muito, mas devem ser usados apenas em casos extremos. Se enviar, seja objetivo.
– Mandar mensagens em horários inapropriados como tarde da noite ou muito cedo pela manhã.
– Publicar fotos dos seus filhos que não tenham a ver com o contexto escolar.